Historias do Magrao VI

Ja ha quase quatro anos que se foi, nao deixo de pensar nenhum dia. Pra quem gosta de ler e relembrar ai vai mais uma historias de Magrao, o meu pai.

Souvenir 1- Guarda-chuva

O primeiro souvenir que me ocorre, foi de um guarda-chuva.

Nunca tinha conseguido manter algum por mais de um verão.
Ou por causa da qualidade que era ruim e com facilidade as varetas quebravam, ou entortavam, ou furavam o tecido. Lógico, nas horas em que eu mais precisava deles.
Ou por que eu esquecia em algum lugar. Todos esquecem, não é mesmo?
Fico curioso para saber para onde vão todos os guarda-chuvas esquecidos.
Deve haver uma montanha deles em algum lugar.

Até um dia em que recebemos um gerente da Lufthansa Systems e ele trouxe um guarda-chuva para cada um da equipe de consultores aqui do Brasil.
Disse que queria trazer souvenires e como estava sem tempo comprou as pressas na loja de produtos da própria Lufthansa, no aeroporto de Frankfurt antes de embarcar para cá.
Achei estranho ganhar um guarda-chuva de presente do chefe do meu chefe.
Vinha numa embalagem pequena e prática, muito bonita com o logotipo da Lufthansa.
Após abrir vi que era simples, prático e parecia ser de boa qualidade. Tinha também o logo da Lufthansa.

Como eu trabalhava em São Paulo foi muito útil naqueles dias e percebi que a qualidade era realmente muito acima dos que eu já tinha possuído.
Prometi para mim mesmo que tomaria cuidado e não iria esquecê-lo em lugar algum.
Incrível, tenho-o até hoje. Me quebrou cada galhão.
Já está meio surrado, mas às vezes ainda é usado.
PS: Tem mais ou menos 10 anos de idade.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s